Abril é o Mês da Prevenção dos Maus-Tratos nas Crianças

2020/04/23

"Serei o que me deres... que seja amor" é o lema da campanha deste ano da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens.
A CPCJ reconhece o "papel fundamental" na promoção e proteção das crianças e dos seus direitos, compreendendo "a responsabilidade de proporcionar o apoio e a orientação às famílias neste período de maior vulnerabilidade".
Apesar da pandemia da COVID-19 vivida em todo o país, a CPCJ pretende assinalar este mês com a colocação de um laço/faixa azul no exterior das habitações da nossa comunidade, bem como solicitar às crianças e jovens do concelho, que nos forneçam materiais, desenhos ou textos, alusivos ao tema, e enviem para o email da CPCJ de Tabuaço (cpcj.Tabuaco@cnpdpcj.pt) ou publiquem no Facebook ou Instagram dos mesmos no dia 30 de abril.
Origem: A Campanha do Laço Azul (Blue Ribbon) iniciou-se em 1989, na Virgínia, E.U.A., quando uma avó, Bonnie W. Finney, amarrou uma fita azul à antena do seu carro "para fazer com que as pessoas se questionassem".
A história que Bonnie Finney contou aos elementos da comunidade que se revelaram "curiosos" foi trágica e sobre os maus-tratos à sua neta, os quais já tinham morto o seu neto de forma brutal. E porquê azul?
"O Azul funciona para mim como um constante lembrete/alerta para lutar pela proteção das crianças" (Bonnie W. Finney)